top of page

As oficinas são gratuitas e com vagas limitadas a 15 participantes.
A seleção será por ordem de inscrição.
Você poderá inscrever-se em mais de uma oficina.
Os certificados serão enviados por e-mail apenas para quem atingir 100% de presença.

20/09 (QUARTA-FEIRA)

13h30 – 17h30 

Oficina: Introdução à produção audiovisual no espaço escolar

Ministrante: Me. Oda Rodrigues
Carga horária: 4h.

Público alvo: Educadores


EMENTA:
Compreender a Produção Audiovisual como ferramenta no processo de ensino aprendizagem e suas etapas de realização dentro do ambiente escolar.  

 

ODA RODRIGUES

Graduação em Linguística pela Universidade de São Paulo; Mestre em Artes pelo PPGArtes/UNESPAR no campo dos estudos em cinema e educação, professor de Literatura na Rede Pública do Paraná, fotógrafo de movimentos sociais, assina roteiro e direção dos curtas "A pesquisa", "Preâmbulo para amar a rua", "8 Quadras", “Retrato falado” e "Gritos da memória", direção de produção do longa metragem “Franco e o trem do medo”, ex-secretário municipal de cultura de Fazenda Rio Grande; coordena projetos de produção audiovisual no espaço escolar.

image.png

21/09 (QUINTA-FEIRA)

14h – 17h30 

Oficina: Possibilidades Audiovisuais

Ministrante: Danilo Custódio – Mestrando - Unespar
Carga horária: 4h.

Público Alvo: +15anos

EMENTA:
Compreender a Produção Audiovisual como ferramenta de comunicação universal, com apelo artístico e/ou de entretenimento. Janelas: tv/computador, mobile, sala de cinema, museus/galerias, intervenções em espaço público; Filmes: cinema, TV, videoarte, publicidade, videoclipe, videoaula, webvideo, websérie;  Linguagem: opacidade e transparência; Técnicas: efeitos documentarizantes e fictivizantes;  Movimento: tempo e ritmo.

 

DANILO CUSTÓDIO
Mestrando em Artes - Programa de Pós Graduação em Artes -PPGARTES Universidade Estadual do Paraná – UNESPAR. Graduado em Cinema e Audiovisual pela Universidade Estadual do Paraná, é sócio proprietário da produtora multiartes Na Real Cultural, onde desenvolve ideias e realiza projetos nas áreas do audiovisual, música, teatro e literatura. Atualmente, Danilo transita por duas vertentes profissionais: Produção e Educação. Na Produção, como realizador é vencedor do “Prêmio Brasil de Cinema Infantil” e indicado pela Academia Brasileira de Cinema ao “Grande Prêmio do Cinema Brasileiro”, ambos pelo seu primeiro curta “Pai aos 15”, além de atuar profissionalmente em web séries, videoclipes e filmes de curtas e longas metragens, nas áreas de roteiro, produção, direção, fotografia, edição e som; na Educação, é professor de cinema e audiovisual no Espaço de Arte, além de ministrar palestras, oficinas e workshops, onde já teve oportunidade de trabalhar ao lado de parceiros como o SESI, o SENAI, o SESC e a UNESPAR

image.png
WP_FestivalEducacao_2023_LOGO FINAL COM ESCRITA copiar.png

As oficinas são gratuitas e com vagas limitadas a 15 participantes.
A seleção será por ordem de inscrição.
Você poderá inscrever-se em mais de uma oficina.
Os certificados serão enviados por e-mail apenas para quem atingir 100% de presença.

20/09 (QUARTA-FEIRA)

13h30 – 17h30 

Oficina: Introdução à produção audiovisual no espaço escolar

Ministrante: Me. Oda Rodrigues
Carga horária: 4h.

Público alvo: Educadores


EMENTA:
Compreender a Produção Audiovisual como ferramenta no processo de ensino aprendizagem e suas etapas de realização dentro do ambiente escolar.  

 

ODA RODRIGUES

Graduação em Linguística pela Universidade de São Paulo; Mestre em Artes pelo PPGArtes/UNESPAR no campo dos estudos em cinema e educação, professor de Literatura na Rede Pública do Paraná, fotógrafo de movimentos sociais, assina roteiro e direção dos curtas "A pesquisa", "Preâmbulo para amar a rua", "8 Quadras", “Retrato falado” e "Gritos da memória", direção de produção do longa metragem “Franco e o trem do medo”, ex-secretário municipal de cultura de Fazenda Rio Grande; coordena projetos de produção audiovisual no espaço escolar.

image.png

21/09 (QUINTA-FEIRA)

14h – 17h30 

Oficina: Possibilidades Audiovisuais

Ministrante: Danilo Custódio – Mestrando - Unespar
Carga horária: 4h.

Público Alvo: +15anos

EMENTA:
Compreender a Produção Audiovisual como ferramenta de comunicação universal, com apelo artístico e/ou de entretenimento. Janelas: tv/computador, mobile, sala de cinema, museus/galerias, intervenções em espaço público; Filmes: cinema, TV, videoarte, publicidade, videoclipe, videoaula, webvideo, websérie;  Linguagem: opacidade e transparência; Técnicas: efeitos documentarizantes e fictivizantes;  Movimento: tempo e ritmo.

 

DANILO CUSTÓDIO
Mestrando em Artes - Programa de Pós Graduação em Artes -PPGARTES Universidade Estadual do Paraná – UNESPAR. Graduado em Cinema e Audiovisual pela Universidade Estadual do Paraná, é sócio proprietário da produtora multiartes Na Real Cultural, onde desenvolve ideias e realiza projetos nas áreas do audiovisual, música, teatro e literatura. Atualmente, Danilo transita por duas vertentes profissionais: Produção e Educação. Na Produção, como realizador é vencedor do “Prêmio Brasil de Cinema Infantil” e indicado pela Academia Brasileira de Cinema ao “Grande Prêmio do Cinema Brasileiro”, ambos pelo seu primeiro curta “Pai aos 15”, além de atuar profissionalmente em web séries, videoclipes e filmes de curtas e longas metragens, nas áreas de roteiro, produção, direção, fotografia, edição e som; na Educação, é professor de cinema e audiovisual no Espaço de Arte, além de ministrar palestras, oficinas e workshops, onde já teve oportunidade de trabalhar ao lado de parceiros como o SESI, o SENAI, o SESC e a UNESPAR

image.png

LANÇAMENTOS DE CADERNOS DE ALICIA VEGA EM PORTUGÊS

Dia 22/9 às 16:00 h
Roda de conversa Com Adriana Fresquet

Alternativas analógicas das pedagogias do cinema no mundo digital: A chilena Alicia Vega.

- Lançamento dos Cadernos de Alicia Vega em português.

image.png
image.png
image.png
image.png

A pesquisadora, cineasta e educadora chilena, Alicia Vega, durante a pandemia escreveu os princípios teórico-metodológicos do seu “Taller” de cinema, brilhantemente captados pelas lentes de Ignacio Agüero no filme Cem crianças esperando um trem (Chile, 1988).
Esta coleção é composta pelos cadernos Linguagem Cinema, Doze Brinquedos e Filmes que vêm juntos em uma charmosa caixinha de papelão e escritos à mão por Alicia.

O EducAção - 1º FESTIVAL INTERNACIONAL DE CINEMA E EDUCAÇÃO tem como objetivo estimular a produção e a circulação de obras audiovisuais produzidas em ambiente escolar, discutir e refletir sobre a preservação da memória histórica e do audiovisual.

 

Idealizado a partir da trajetória de duas irmãs, Mirna Werner, na área de ensino, e Téia Werner, na produção de cinema, o festival tem como inspiração outros festivais como o Festival de Cinema da Lapa e a Mostra de Cinema de Ouro Preto.

 

O EducAção contará com atividades formativas e uma mostra de filmes abrangendo obras audiovisuais de estudantes do ensino formal e não formal do Brasil e do exterior. Assim, nasce um espaço fecundo de intercâmbio de ideias com exibições de filmes e participação de profissionais e docentes.

REALIZAÇÃO:

APOIO INSTITUCIONAL:

APOIO:

logo_WP_PB.png
FAP (2).png
logoPPGARTES UNESPAR.jpg
logo_fundação-removebg-preview.png
WhatsApp_Image_2023-06-29_at_16.15.22-removebg-preview.png
logo_cinexu8_2.png
multifoco logo.png
logo_weedoo_PDF-1 copiar.png

CONVIDADAS E CONVIDADOS

image.png

ADRIANA FRESQUET

Professora da Faculdade de Educação da Universidade Federal do Rio de Janeiro. Coordena o Grupo CINEAD: Laboratório de Educação, Cinema e Audiovisual, que realiza atividades de pesquisa, ensino e extensão em parceria com a Cinemateca do Museu de Arte Moderna do Rio de Janeiro, escolas públicas municipais, estaduais e federais (de educação inicial ao ensino médio) e as alas pediátrica e geriátrica do Hospital Universitário. É uma das fundadoras da Rede KINO: Rede LatinoAmericana de Educação, Cinema e Audiovisual e participou da elaboração da Proposta de regulamentação da lei de cinema na escola (13006/14). Seu último pós-doutorado foi em 2019/2020, no DIE-CINVESTAV, México, com a supervisão de Inés Dussel. Em 2023, participou do Fórum Tiradentes que elaborou diretrizes para a retomada audiovisual coordenando o grupo de trabalho de Formação, analisando e problematizando a lei que institui a Política Nacional de Educação Digital (14533/23). adrianafresquet@fe.ufrj.br- cinead.org

image.png

ALEXANDRE RAFAEL GARCIA

É pesquisador, realizador e professor de cinema. Doutor em História na UFPR, mestre em Multimeios no Instituto de Artes da Unicamp e bacharel em Cinema pela Faculdade de Artes do Paraná. Criador e organizador da Coleção Escrever o Cinema e da série de vídeo ensaios Dicionário de Cinema. Autor do livro "Contos morais e o cinema de Éric Rohmer" (A Quadro Edições, 2021). Trabalha com produção cinematográfica nas áreas de direção e produção, tendo realizado mais de sessenta filmes de curta, média e longa-metragem. Foi professor na FAE Centro Universitário (2014-2018) e no Colégio Medianeira (2013-2020). Hoje trabalha na Universidade Estadual do Paraná (Unespar) como professor temporário no Bacharelado em Cinema e Audiovisual; é integrante do grupo de pesquisa Cinecriare – Cinema: Criação e Reflexão (Unespar/CNPq); e é professor permanente no Programa de Pós-Graduação em Cinema e Artes do Vídeo (PPG-CINEAV) da Unespar. Alexandre Garcia - UNESPAR WAGNER DE ALCÂNTARA ARAGÃO -

image.png

CATALINA SOFIA

Bacharela em Cinema e Vídeo pela Universidade Estadual do Paraná (UNESPAR) e Mestranda pela mesma instituição no Programa de Pós-Graduação em Cinema e Artes do Vídeo (PPG-CINEAV). Integrante do Coletivo Atalante desde agosto de 2018, curadora e programadora do Cineclube do Atalante na Cinemateca de Curitiba. Ministrou Oficinas de Cinema em escolas da Rede Estadual de Educação como bolsista da Fundação Araucária, com recursos do Universidade Sem Fronteiras (USF), programa financiado pela Secretaria de Estado da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior (SETI) no projeto “Meu Mundo, Minhas Histórias- Protagonismo Juvenil em Rede” e atualmente é bolsista do projeto de extensão “Diálogos Qualificados”, ambos sob orientação da professora Solange Stecz. Trabalhou como Assistente de Produção e Assistente de Produção Executiva em diversos projetos audiovisuais 1º FESTIVAL INTERNACIONAL DE CINEMA E EDUCAÇÃO.

Captura de Tela 2023-09-05 às 14.54_edit

CATU RIZO

cineasta, fotógrafa, artista-pesquisadora e professora de cinema na Faculdade de Artes do Paraná, FAP-UNESPAR. Bacharel em Cinema e Audiovisual e Mestra pelo programa de Cultura e Territorialidades, ambos pela Universidade Federal Fluminense. Integra o coletivo de mulheres e pessoas transgênero do Departamento de Fotografia do Brasil (DAFB). Fez parte do coletivo “Osso Osso”, onde entre vários trabalhos coletivos, dirigiu o seu primeiro longa-metragem “Com o terceiro olho na terra da profanação”. Em sua dissertação, pesquisou a relação entre cidade, gênero, imaginário, deslocamento e criações artísticas da Baixada Fluminense por uma perspectiva feminista interseccional. Fruto desta pesquisa, desenvolveu a vídeo-instalação “Uma câmera na mão e Ser-tão Mulher da Baixada na cabeça”, exibida no Centro Municipal de Arte Hélio Oiticica. Diretora do filme "A terra das muitas águas" (2020). Integrou o corpo de professores do projeto Imagens em Movimento (2019 - 2021). Faz parte do movimento Baixada Filma e é co-criadora da Formação Livre em Cinema e Educação juntamente com a realizadora Gisele Motta. Atualmente está com um novo filme em fase de finalização, o "Guapi-macacu".

image.png

DANILO CUSTÓDIO

Mestrando em Artes - Programa de Pós Graduação em Artes -PPGARTES Universidade Estadual do Paraná – UNESPAR. Graduado em Cinema e Audiovisual pela Universidade Estadual do Paraná, é sócio proprietário da produtora multiartes Na Real Cultural, onde desenvolve ideias e realiza projetos nas áreas do audiovisual, música, teatro e literatura. Atualmente, Danilo transita por duas vertentes profissionais: Produção e Educação. Na Produção, como realizador é vencedor do “Prêmio Brasil de Cinema Infantil” e indicado pela Academia Brasileira de Cinema ao “Grande Prêmio do Cinema Brasileiro”, ambos pelo seu primeiro curta “Pai aos 15”, além de atuar profissionalmente em web séries, videoclipes e filmes de curtas e longas metragens, nas áreas de roteiro, produção, direção, fotografia, edição e som; na Educação, é professor de cinema e audiovisual no Espaço de Arte, além de ministrar palestras, oficinas e workshops, onde já teve oportunidade de trabalhar ao lado de parceiros como o SESI, o SENAI, o SESC e a UNESPAR

image.png

ELIS MIRANDA

Geógrafa. Pesquisadora do Campo das Políticas Culturais e Gestora de Espaço Cultural Universitário. Uma das criadoras e curadoras do Cine Darcy, o cinema da Universidade Estadual do Norte Fluminense. Coordena desde 2009 o Laboratório de Pesquisa em Cultura, Planejamento e Representações Espaciais. É docente do curso de graduação em Geografia e do mestrado em Desenvolvimento Regional DA UFF

GABRIELA DALBERTO

image.png

Graduanda em Licenciatura em Dança (2020), pela Universidade Estadual do Paraná- Campus Curitiba II. Com formação técnica no curso de Produção de Áudio e Vídeo do Colégio Estadual do Paraná (2019). Atuou como bolsista do PIBID - Programa Institucional de Bolsas de Iniciação à Docência (2021 e 2022) e também como estagiária (2022 e 2023), no Grupo de Dança Contemporânea do Colégio Estadual do Paraná - Dancep. Aperfeiçoou seus estudos em videodança nos cursos LAB VÍDEOD (2021), COREOEDIÇÃO- CENA CUMPLICIDADES (2021) e DANÇA PARA TELA (2021) Atualmente integra o projeto de extensão e pesquisa DIÁLOGOS QUALIFICADOS (2022 e 2023), pela Universidade Estadual do Paraná- Campus Curitiba II.

image.png

GISELE ONUKI

Doutora e Mestre em Comunicação e Linguagens, é especialista em Arte-Educação e possui graduação em Dança - Licenciatura e Bacharelado pela Universidade Estadual do Paraná - UNESPAR. É professora efetiva do curso de Bacharelado em Dança da UNESPAR; está Assessora da Diretoria Geral e Diretoria de Ensino Superior da Secretaria de Estado de Ciência, Tecnologia e Ensino Superior do Paraná - SETI e é Conselheira Suplente do Conselho Estadual de Educação do Paraná – CEE/PR. Como pesquisadora, é associada à Sociedade Brasileira de Estudos Interdisciplinares em Comunicação - INTERCOM, vinculada ao GP Estética, Políticas do Corpo e Gênero e também ao Grupo de Pesquisa TELAS: cinema, televisão, streaming, experiência estética do PPGCom/UTP

image.png

JOHANNA HOLT BLANCO

Mestre em Gramática del Español (2019, UDELARCFE-ANEP). Professora de educação infantil em Jardins de Infância públicos e privados (2000-2020). Diploma em “Educación, imágenes y medios” (Flacso, Argentina, 2022). Professora efetiva de Inglês em Formación Docente em CFE desde 2007. Coordenadora audiovisual do Programa Cineduca no IFD de Maldonado, CFE, desde 2010. Participou de encontros, oficinas, congressos e foi o palestrante em formação audiovisual no país. Participou de dos intercâmbios com projetos educativos no Brasil: Londrina (2015) e Curitiba (2019) potenciando a difusão do programa CINEDUCA na região. Participou três vezes junto com estudantes no concurso Filmadoc (Atlantidoc) do documentalista argentino Cristian Pauls. Desde o ano 2020 é orientadora da Maestría en Educación Audiovisual de Flacso.

image.png
image.png

MARCOS SABOIA

Coordenador e responsável do acervo Cinemateca de Curitiba. Formação em educação artística e cinema. Responsável do acervo Cinemateca de Curitiba desde 2002. Atualmente é o coordenado da Cinemateca de Curitiba. Membro fundador da Associação

MARÍLIA FRANCO

Graduada em cinema pela ECA/USP. Mestre e Doutora em artes pela ECA/USP. Professora aposentada do Curso Superior do Audiovisual e do Programa de Pós graduação Meios e Processos Audiovisuais da ECA/USP. Ex-diretora docente da EICTV - San Antonio de los Baños - Cuba. Criadora e ex-diretora da TV USP - CNU/SP. Produtora de vídeos documentais, institucionais e educativos. Membro do CPCB – Centro de Pesquisadores do Cinema Brasileiro e da ABPA – Associação Brasileira de Preservação Audiovisual. Coordenadora científica do ARUANDA lab.doc, laboratório de pesquisas sobre documentário

image.png

MAURO DOMINGUES

Fotógrafo, Arquivista formado pela UFF em 1985, especializado em Preservação Audiovisual e Digitalização de Acervos Arquivísticos e Museológicos, com Estágio no Laboratório de Restauração da Filmoteca da Universidade Nacional Autônoma do México - UNAM em 1999, no Programa La memoria compartida – Cooperación para la preservación Iberoamérica, promovido pela Federação Internacional de Arquivos de filmes – FIAF e a Filmoteca Espanhola do Instituto de la Cinematografia Y de las Artes Audiovisuales, do Ministério de Educación Y Cultura, da Espanha, em 1999; Pós-graduação Fotografia, memória, imagem e comunicação, na Universidade Cândido Mendes, em 2011; Membro da Diretoria da Sociedade de Amigos do Museu de Imagens do Inconsciente – SAMII/2019/2020/2023; Membro da Diretoria Centro de Pesquisadores do Cinema Brasileiro – CPCB/2020/2023; Membro da Associação Brasileira de Preservação Audiovisual – ABPA

image.png
image.png
Captura de Tela 2023-09-05 às 14.52.35.png

MIRELE CAMARGO

Mirele Camargo, profissional com formação em Turismo e Relações Internacionais, atualmente cursando Museologia. Ela possui ampla experiência em cultura e patrimônio, incluindo cargos na Fundação Cultural de Curitiba e projetos de patrimônio cultural no Estado do Paraná. Desde junho de 2021, ela atua como diretora do Museu de Imagem e do Som do Estado do Paraná, demonstrando seu comprometimento com a área de patrimônio cultural.
Membro atuante da ABPA- (associação brasileira de audiovisual) membro do ICOM Brasil (conselho internacional de museus) membro diretivo do fórum brasileiro dos museus da imagem e do som - MIS em rede.

ODA RODRIGUES

Graduação em Linguística pela Universidade de São Paulo; Mestre em Artes pelo PPGArtes/UNESPAR no campo dos estudos em cinema e educação, professor de Literatura na Rede Pública do Paraná, fotógrafo de movimentos sociais, assina roteiro e direção dos curtas "A pesquisa", "Preâmbulo para amar a rua", "8 Quadras", “Retrato falado” e "Gritos da memória", direção de produção do longa metragem “Franco e o trem do medo”, ex-secretário municipal de cultura de Fazenda Rio Grande; coordena projetos de produção audiovisual no espaço escolar

SABRINA TRENTIM

Bacharel em Cinema e Audiovisual pela Faculdade de Artes do Paraná. Atua como produtora cultural e audiovisual, tanto na direção de produção como na produção executiva. Na produção assina curtas, longas, mostras, festivais, oficinas de formação e lançamento de filmes. Seu único filme onde assina a direção foi ganhador do prêmio de melhor curta-metragem paranaense no 13º Festival de Cinema da Lapa. Durante o bacharelado foi bolsista do Laboratório de Cinema e Educação da UNESPAR, o LABEDUCINE, onde pôde se dedicar a pesquisar mais sobre arte-educação. Atualmente é bolsista do projeto DIÁLOGOS QUALIFICADOS, projeto que visa pesquisar e debater questões de arte-tecnologia-educação. 

image.png

SALETE SIRINO

Doutora em Letras pela Universidade Estadual do Oeste do Paraná, Mestre em Letras pela Universidade Estadual do Oeste do Paraná, Mestre em Educação pela Universidade Estadual de Ponta Grossa, Especialista em Cinema e Vídeo pela Faculdade de Artes do Paraná, Especialista em Tradução e Graduada em Letras. Reitora da Universidade Estadual do Paraná, gestão 2021 a 2024. Integra o CRUEP - Conselho de Reitores das Universidades Públicas Estaduais do Paraná. Na Unespar/Campus de Curitiba II/Faculdade de Artes do Paraná atuou como: Diretora Geral 2019/2020; Diretora do Centro de Artes, gestões 2014/2016 e 2016/2018; Coordenadora da elaboração, aprovação junto à CAPES e implantação do Programa de PósGraduação em Artes - Mestrado Profissional; docente do Curso de Bacharelado em Cinema e Audiovisual e do Mestrado em Artes. Presidente da Associação de Vídeo e Cinema do Paraná - AVEC, gestões 2010/2012, 2012/2014. Na área do cinema atua em: roteiro, direção e produção de filmes em película 35mm, S16mm e digital, nas categorias de curta, média e longa-metragem, tendo em seu currículo a participação em treze filmes, finalizados e lançados, dentre eles: A Tímida Luz de Vela das Últimas Esperanças, Curitiba Zero Grau, Estrada do Colono, Operação Paraguai, Travessias.

Captura de Tela 2023-09-05 às 14.49.41.png

VICTORIA REIS VENÂNCIO

Graduanda do curso de Licenciatura em Dança na Faculdade de Artes do Paraná e estudante do curso técnico de Produção em Áudio e Vídeo do Colégio Estadual do Paraná. Já atuou como professora no ensino básico de educação na disciplina de artes, no ensino informal de dança, em estúdios e academias, com direção de arte em curta-metragem e vídeo clipes, com a produtora VOYARTE Audiovisual, como artista visual independente e bailarina em grupos de dança. É bolsista do projeto híbrido entre cinema, dança e artes visuais, que tem como eixo central temáticas sobre arte, educação e tecnologia, intitulado de DIÁLOGOS QUALIFICADOS, vinculado à UNESPAR.

image.png

WAGNER DE ALCÂNTARA ARAGÃO

Jornalista, professor de Comunicação na rede estadual de ensino profissional do Paraná. Doutorando em Comunicação (UFPR), mestre em Estudos de Linguagens (UTFPR, 2018). Roteirista e co-diretor do documentário "(Des)embarque - A luta de Cebola e outras histórias da Rodoviária de Santos"

CINEMATECA DE CURITIBA
Rua  Presidente Carlos Cavalcanti, 1174 - São Francisco - Ctba/PR

 PROGRAMAÇÃO 

 20 de Setembro de 2023
Quarta-feira 

MANHÃ:

9h00

Coffe break 

 
9h15 

Abertura do festival 


9h30 - 10h30 

Masterclass: Cinema É Educação?!

Profa. Dra. Marília Franco – USP

 

9h45 – 12h30  

Simpósio Audiovisual e Educação em ambiente formais e não-formais.

 

10h45 - 12h30

Mesa: Experiências com cinema e educação.

Mediação: Profa. Dra. Solange Straube Stecz – Unespar

 

Composição da mesa:

Profa. Dra. Salete Machado Sirino - Unespar

Prof. Dr. Alexandre Garcia - Unespar

Prof. Me. Oda Rodrigues - Colégio Estadual Olindamir Merlin

Prof. Me. Wagner de Alcântara Aragão - Colégio Estadual Do Paraná 

                               

 

TARDE:

13h30 - 17h30

Oficina: Introdução à produção audiovisual no espaço escolar

Ministrante: Me. Oda Rodrigues

​14h00 

Abertura


14h15 

1ª SESSÃO DOS FILMES SELECIONADOS

A Ilha é um Mundo (2020) – 3’43”

Centro Pedagógico Da Ufmg – Belo Horizonte / MG / BR

El Navegante De Pesca (2020) – 1’54”

Institutos Normales Del Consejo De Formación En Ed - Montevideo, Uruguay

Estigma (2020) – 5’55”

Cineduca CFE Uruguay - Mercedes/Uruguay​

Horta (2023) – 3’50”

Trakinagem Cinema e Educação - Uberlândia/MG/BR

De Quem São Os Olhos (2023) – 14’13”

Colégio Estadual Maria Gai Grendel – Curitiba/PR/BR

 

14h45 

Intervalo

15h00 

2ª SESSÃO DOS FILMES SELECIONADOS​

O Mundo De Diego (2022) - 10’40’’

Apae de Bariri -  Bariri/SP/BR​

                                   

O Jogo Virou (2018) – 7’14”

Colégio Municipal Anne Frank - Belo Horizonte/MG/BR

 

 

Caboclo Manauara (2023) – 6’

Escola Municipal Professor Raimundo Almeida Lúcio - Manaus/AM/BR

NOITE:

19h30 

Abertura

 
19h40 

Mesa: Diálogos Qualificados

Mediação:

Profa. Dra. Gisele Onuki - Unespar

 

Composição da mesa: 

Catalina Meza Reyes - Mestranda - PPGCineav - Unespar

Gabriela Dalberto - Graduanda em Dança - Unespar

Sabrina Trentim - Bacharel em Cinema e Audiovisual - Unespar

Victória R. Venâncio - Graduanda em Dança - Unespar

Sophia F. Klein - Graduanda em Artes Visuais - Unespar

               

Exibição: 

Filme das Entrevistas com professores sobre Arte na escola – 30’

MANHÃ:

9h00 

Coffee Break

 

9h15 

Abertura

 

9h30 – 11h30 

Mesa:  

CINEDUCA: a formação audiovisual de docentes no Uruguai e CINE DARCY: um cinema universitário e a difusão de produções no Brasil.

 

Mediação:

Me. Téia Werner – Werner Produções

 

Composição da mesa:

Profa. Me. Johanna Holt – Cineduca – Uruguai – “Pedagogia Audiovisual Em Educadores:  O Valor da Imagem na sala de aula”

Profa. Dra. Elis Miranda – UFF/RJ – “Cine Darcy: Trajetória do Cinema Universitário na UENF”

 

9h30 – 12h30 

Simpósio Audiovisual e Educação em ambiente formais e não formais.

 

TARDE

14h00 

Abertura

 

14h15 

1ª SESSÃO DOS FILMES SELECIONADOS

Sonho De Papel (2018) – 2’22”

Unespar - Fazenda Rio Grande/PR/BR

 

Fotocópia (2023) – 3’30”

Trakinagem Cinema e Educação - Uberlânndia/MG/BR

 

Menina Semente (2023) – 10’

Escola Técnica Estadual Nelson Barbalho - Caruaru/PE/BR

 

Qué estás dispuesto a dar (2018) – 8’31”

Institutos Normales del Consejo de Formación en ed. - Montevideo, Uruguay

 

14h45 

Intervalo

 

15h00 

2ª SESSÃO DOS FILMES SELECIONADOS

Recreio (2021) 3’30”

Unespar - Fazenda Rio Grande/PR/BR

 

Paraje Samurai (2018) – 5’56”

Institutos Normales del Consejo de Formación en ed. - Montevideo, Uruguay

 

Fantasma Vivo (2018) – 13’25”

Colégio Medianeira - Curitiba/PR/BR

Meteoro (2023) - 3’09”
Instituição Traquinagem Cinema e Educação - Uberlândia - MG

 

14h – 17h30 

Oficina: Possibilidades Audiovisuais

Ministrante: Danilo Custódio – Mestrando - Unespar

15h30

Mesa: Pelas minhas lentes: programa quebecois de formação de vídeo para estudantes secundaristas (BRASIL - CANADÁ) - *online - canal do youtube do Labeducine*

Apresentadora:
Sandra Nodari
Jornalista, documentarista e professora universitária. Pesquisadora de pós-doutorado na UQAM - Universidade do Québec em Montréal.

Téia Werner

Diretora do 1ºEducAção

Murilo Lazarin 

Diretor do 1ºEducAção

Convidados:
Claude-René Piette
Chefe de desenvolvimento de conteúdo e de produção da Radio Canada (ICI Québec)

Angélique Bouffard
Diretora da Seção de espaços culturais e de arte pública da Prefeitura de Québec.

Tradutora :
Maria Fernanda Bially
Mediadora Digital da Biblioteca de Québec

 

NOITE:

19h30 

Abertura

 

19h40 

Mesa: Formação em Cinema

 

Mediação:

Me. Silvia Gabriela Queluz

 

Composição da mesa:

Profa Me. Catu Rizo – Unespar – “Por uma pedagogia das margens: relato da formação livre em cinema e educação”

 

Mestrando – Danilo Custodio – Unespar – “A Educação no Cinema”

 

Exibição

- Curta Metragem “Complexo Cinema” 

- Vídeos Realizados Na “Formação Livre De Cinema e Educação”

 21 de Setembro de 2023
Quinta-feira 

MANHÃ:

9h00 

Coffee Break

 

9h15 

Abertura

 

9h30 

Mesa: Preservação Audiovisual

 

Mediação:

Profa. Dra. Marília Franco – USP

 

Composição da mesa:

Mirele Camargo - Museu de Imagem e do Som do Paraná - MIS

Mauro Domingues – Especialista em preservação audiovisual - Arquivo Nacional - RJ

Marcos Saboia – Coordenador da Cinemateca de Curitiba e responsável pelo acervo  da Cinemateca/ FCC

 

 

9h30 - 12h30 

Simpósio Audiovisual e Educação em ambientes formais e não formais.

 

TARDE:

14h00 

Abertura

14h15 

1ª SESSÃO DOS FILMES SELECIONADOS

A droga da obediência (2018) – 12’18”

Colégio Medianeira - Curitiba/PR/BR

 

Reality (2019).- 3’49”          

Universidade Cruzeiro Do Sul - São Paulo/SP/BR

 

A Encruzilhada (2023) - 10’08’’     

Québec, Canadá

 

Desigualdade: O "Pobre" Preso Na Antiguidade (2022) – 3’21” 

Instituto Gaylussac - Niterói/RJ/BR

 

A Prenda (2023) – 5’28”

ABC Lab - Economia Criativa - São Caetano do Sul / SP/BR 

 

14h55 

Intervalo

 

15h10 

2ª SESSÃO DOS FILMES SELECIONADOS

 

E agora, José? (2018) – 10’

Escola Estadual Humberto Mendes - Palmeira dos Índios/AL/BR

 

Qual Parte Você Não Entendeu? (2023) – 2’57”

Colégio Estadual Semíramis De Barros Braga - Pinhais/PR/BR

 

Microplásticos (2023) – 2’01”

Escola Municipal Profa Edivanda Maria Teixeira - Vitória da Conquista/BA/BR

 

Piénsalo (2019) – 3’55”      

Institutos Normales del Consejo de Formación en ed. – San José, Uruguay

 

A última aula (2019) - 14’

Escola Estadual Humberto Mendes - Palmeira dos Índios/AL/BRr

 

16h00

Roda de conversa: Alternativas analógicas das pedagogias do cinema no mundo digital: A chilena Alicia Vega.

Convidada:

Adriana Fresquet - Faculdade de Educação da Universidade Federal do Rio de Janeiro - FE/UFRJ

- Lançamento dos Cadernos de Alicia Vega em português.

NOITE:

19h30 - 21h

Local: Cinemateca

Premiação e encerramento. 

20h

Local: Centro de Artes Guido Viaro

(R. Francisco Mota Machado, 490 - Capão da Imbuia)

Exibição:

Parecia um bom plano (Julia Vidal) - 3'11"

Sobre amizade e bicicletas (Julia Vidal) - 12' (com audiodescrição)

Coelhitos e Gambazitas (Thomas Larson) - 10´26" 

 22 de Setembro de 2023
Sexta-feira 

EQUIPE

image.png
image.png
image.png
image.png
image.png
Captura de Tela 2023-09-05 às 14.35.35.png
Captura de Tela 2023-09-05 às 14.41.10.png

TÉIA WERNER

Produção, Direção e Curadoria

Mestra em Artes - Programa de Pós Graduação em Artes -PPGARTES Universidade Estadual do Paraná – UNESPAR. Especialista em Cinema: Com Ênfase em Produção - UNESPAR Graduada em Tecnologia em Design de Moda -Faculdades Camões. Integrante do LabEducine -Laboratório de Cinema e Educação do Curso de Cinema da UNESPAR. Membro Efetivo da Academia de Cultura de Curitiba – ACCUR. Sócia da Produtora Werner Produções Ltda.

MIRNA WERNER

Produção Executiva

Professora. Graduada em Letras - UFPR. Especialista em Linguística - UFPR e especialista em Cinema com Ênfase em Produção - UNESPAR, ampla experiência em gerenciamento de projetos audiovisuais. Atualmente é diretora da Werner Produções. Entre seus principais trabalhos no cinema estão os documentários "À Luz de Bruel de Téia Werner e Silvia Gabriela", "Tecendo a vida de Teia Werner", "Sola de Sergio Bertovi”, "Se não for divertido não tem graça de Vinicius Comoti” e “Geração Cinemateca de Miriam Karam”

MURILO LAZARIN

Direção, Coordenação Pedagógica e Audiovisual

Graduado em Cinema e Audiovisual pela UNESPAR, atua com educação há mais de 10 anos e assina vários trabalhos fílmicos como fotógrafo e diretor.

SOLANGE STECZ

Coordenação Pedagógica, Coordenação Simpósios

Doutora em Educação pela UFSCAR. Professora do programa de Pós Graduação em Artes PPGARTES e do Curso de Cinema e Audiovisual da Universidade Estadual do Paraná. Coordenadora do PPGARTES e do Laboratório de Cinema e Educação LabEducine/Unespar. Membro do Comitê Nacional do Brasil do Programa Memória do Mundo da UNESCO-MOWBRASIL. Secretaria Nacional do Centro de Pesquisadores do Cinema Brasileiro. Representa as Universidades Estaduais do Paraná, no Conselho Estadual de Cultura do Paraná, onde atuou também nas gestões de 2012-2014 e 2014-2016. 2020-2022. Membro da Rede Kino (Rede Nacional de Cinema e Educação) Foi diretora de Cultura da UNESPAR e diretora da Cinemateca de Curitiba

SILVIA GABRIELA ALVES DE ALBUQUERQUE QUELUZ

Produção, Ministrante de Oficina e Curadoria

Professora, roteirista, diretora e curadora. Formada em Letras Português (UFPR-1995. Especialista em Linguística aplicada ao Ensino (UFPR -2001); Programa de com o Projeto: “O cinema como linguagem e expressão artística: uma nova forma de aprender e dizer” (2012-2013 - SEED-UFPR) Especialista em Cinema com Ênfase em Produção (UNESPAR – 2017).

BÁRBARA BULHÕES

Coordenação Simpósios

Mestranda pelo PPGArtes/UNESPAR. Graduada em Teatro; Especialista em Pedagogia Waldorf; trabalha com arte e educação há 28 anos. Dramaturga, atriz, escritora, educadora. Trabalhou com Augusto Boal, Gilberto Gil, Gringo Cardia, Denise Stoklos entre outros.

RAFAELA CALIL

Coordenação Simpósios

Jornalista, Designer Educacional e mestranda em Artes com pesquisa voltada ao uso do podcast como ferramenta audiovisual de ensino e aprendizagem em escolas. Produtora Executiva do LabEducine -Laboratório de Cinema e Educação e Integrante do projeto Cinema Educa - Audiovisual e Educação, Organizadora do projeto Litteraria, que aborda temáticas voltadas a "Diálogos: Processos Identitários" em Literatura de Língua Portuguesa e co-organizadora do livro "Narrativas docentes: cinema e educação - Conexão Brasil/Uruguai".

image.png
Captura de Tela 2023-09-05 às 14.35.15.png
WP_Fest.Educacao_Madu_Fotografa Still.jpg

MIRIAM KARAM

Assessoria de imprensa

Jornalista e documentarista, formada pela então Universidade Católica do Paraná (hoje PUC), com especializações na ECA/USP e na Unespar-PR. Como jornalista atuou nos principais órgãos da imprensa nacional, em Curitiba, São Paulo e Rio de Janeiro, incluindo os jornais Folha de S. Paulo, Estado de S. Paulo, Valor Econômico; e nas TVs Globo, Abril Vídeo, Canal Futura, SBT e Band. E realizou dezenas de vídeos institucionais e documentários para TV. Já foi membro do Conselho Estadual de Cultura, de 2000 a 2002; e membro do júri de teatro Gralha Azul, do Paraná. E escreveu, como ghost writer ou em parceria para terceiros, uma dezena de livros.

LUCIANA SCHOLZ

Social media

Graduanda em Comunicação Organizacional - Universidade Tecnológica Federal do Paraná - UTFPR; Técnica em Teatro - Colégio Estadual do Paraná; Assistente de Produção: Documentário "Geração Cinemateca"; Documentário "Se não for divertido não tem graça"; Telefilme "Os 80 Gigantes"; Assistente de edição e produtora de conteúdo.

MADU MOLINER

Fotógrafa Still

Artista multidisciplinar, trabalha na área audiovisual desde 2016, principalmente como produtora, fotógrafa, diretora de arte e locutora. Formou-se nos cursos de Produção Cênica e de Artes Visuais pela Universidade Federal do Paraná (UFPR), completando sua formação no campo artístico com cursos, oficinas e laboratórios livres de atuação, performance e dublagem, e nas áreas técnicas, como operação de câmera, iluminação e criação de cenários e figurinos.

bottom of page